segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Eles também foram chamados!

José- Primeiro ministro
José depois de ter ficado preso foi chamado à presença do Faraó e explica-lhe seus sonhos, agradando-lhe muitíssimo: "Poderíamos, disse-lhe ele, encontrar um homem que tenha, tanto como este o espírito de Deus? [...] Tu mesmo será posto à frente de toda a minha casa [...] só o trono me fará maior que tu. Eis que te ponho à frente de todo o Egito." (Gn 41)
O Senhor é fiel, por isso cremos, como declara São Paulo que "as aflições deste tempo presente, não se podem comparar com a glória que será revelada". Tudo que aqui vivemos conduz-nos a um único fim: A GLÓRIA, que nada é senão o pleno amor de Deus, somente Ele pode fazer-nos grandes.
José atrai os bons olhos do Faraó por possuir o "espírito de Deus". Caros vocacionados, há em vós este espírito? Ou vos deixais atrair pelo espírito do mundo com suas seduções e prazeres? 
O que nos concede o Espírito de Deus? Sabedoria, foi esta sublime virtude que levou José ao mais alto posto do Egito, é a sabedoria que leva cada cristão a buscar o que de mais auto há:  O REINO  de amor e paz que começa aqui e plenifica-se na união total da alma com Deus seu Criador. Eis a nossa vocação: o amor; a nossa meta: o Céu; o meio: a sabedoria.
Vale lembrar que a sabedoria vem de Deus e a conquista quem fielmente trata de amizade com Ele.
O que você está esperando, busque as alturas é lá que está toda vocação!


Nenhum comentário:

Postar um comentário