segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Eles também foram chamados!

Jacó e o Anjo
Alguém lutava com ele até o romper da aurora. Vendo que não podia vence-lo, tocou-lhe aquele homem na articulação da coxa [...] E disse-lhe: "Deixa-me partir" - "Não te deixarei partir, respondeu Jacó, antes que me tenha abençoado" [...] "Teu nome não será mais Jacó, tornou ele, mas Israel, porque lutaste com Deus e com os homens e venceste." (Gn 32)
A luta de Jacó com o Anjo é, frequentemente, comparada com a oração, porque está é luta; nem sempre é fácil orar, mas é uma luta que vale a pena: "lutaste e venceste!"
Sabe-se que toda vocação nasce e alimenta-se da oração, porém, esta é uma prática que vem perdendo o seu real sentido em nosso tempo, que prega o ativismo e a alienação, a fuga do silêncio e da verdade.
Caros vocacionados a oração é o lugar do doce diálogo com o Senhor, é lá que cada pessoa pode colocar-se bem perto do seu Coração chagado e Dele aprender a amar. A pessoa que se dispõe a rezar e busca transformar em vida a oração "vence" a Deus que derrama-se todo inteiro sobre o coração adorador. 
Aquele que se entrega à oração vê "brotar água da rocha e em seu favor cai o maná do Céu".
A oração é a firme certeza de que o Senhor nos ouve, é força na caminhada, lugar do encontro amoroso entre a alma que "suspira pelas águas correntes", e Deus "a fonte de água viva!"
Orai e eu vos garanto Ele virá aos vossos corações, nele fará morada e que sublime convívio se dará!

Nenhum comentário:

Postar um comentário