sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Vocação:

Tesouro no campo
Pérola de valor!
"O Reino dos Céus é semelhante a um tesouro escondido num campo, o qual, quando um homem o acha, esconde-o e, cheio de alegria pelo que encontrou, vai, vende tudo o que tem e compra aquele campo. Também é semelhante a um mercador que busca pérolas. E, tendo encontrado uma de grande valor, vai, vende tudo o que tem e compra-a" (Mt 13, 44-45)
No sonho de Deus cada pessoa tem a sua vocação, é o dom, o presente Dele a cada um. Para alguns a vocação é como o tesouro encontrado no campo, que fascina, que surge como um grande desejo, sem que tenha sido procurado. Para outros a vocação é encontrada depois de um período de procura, um tempo de inquietação que faz com que aquela forma de vida já não baste, é a busca do algo a mais. Vê-se esta atitude no jovem rico: "Que me falta ainda?"
Assim, a vocação, seu valor, supera tudo que se possa ter, pois, se a vocação é caminho de felicidade, é então, caminho para o próprio Deus, que derrama-se na alma chamada à medida que esta, generosamente, responde ao chamado, amando e deixando-se amar.
O motivo e a finalidade de  TODA  vocação é o mesmo: CRISTO. Por isso, não se pode pensar e, menos ainda, afirmar que uma vocação seja melhor ou mais importante que outra. O fato é que cada pessoa só é plenamente feliz em sua vocação então aquela vocação sempre será a "melhor parte" para a pessoa chamada. A "melhor parte" é diferente para cada pessoa.
Qual a sua "melhor parte"?
Venha viver o amor!!!
Ir. Maria Elisângela, OMJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário