quarta-feira, 7 de março de 2012

LEMBRANÇAS DA CATEQUESE 2011.

“Fazer Jesus nascer e crescer nos corações: eis a nossa grande Missão”


Durante o ano de 2011 exercemos o nosso Apostolado em diversas Paróquias da Arquidiocese de Brasília, dentre elas a Paróquia Cristo Rei, situada na cidade satélite de Ceilândia.
                A Paróquia está localizada em uma parte da cidade de Ceilândia onde a situação da população é muito precária, com um alto índice de violência, promiscuidade e de uso de drogas, principalmente entre os adolescentes e jovens.
1ª Comunhão
                Há três anos e meio a nossa Congregação foi convidada, pelo antigo Pároco, a colaborar com o trabalho da Catequese realizado na Paróquia Cristo Rei, que atualmente tem como Pároco o Pe. Claudemir de Andrade e como Vigário Paroquial o Pe. Fernando Alves. A Catequese durante o ano de 2011 contou com cerca de 450 catequizandos entre crianças, jovens e adultos, com 9 Catequistas leigos, 4 Irmãs, 2 noviças, 1 Postulante e 1 Aspirante. O trabalho Catequético nesta comunidade é realizado aos sábados dividido em 3 turnos na Paróquia e 1 turno em cada Capela, sendo dividido em um total de 24 turmas separadas por idades, ou etapas.
Auto de Natal 2011
1ª Comunhão
                
No ano de 2011 receberam o Sacramento da Crisma 32 Jovens e 51 crianças receberam Jesus na Eucaristia pela primeira vez.
                A realidade da Paróquia Cristo Rei nos recorda os primórdios da nossa Congregação em que a Madre Ana percebendo e acolhendo as necessidades do seu tempo via nas pessoas o rosto do Pequenino de Belém e do Cristo sofredor. Recordamos de modo particular a sua solicitude em acolher as nove jovens que foram encaminhadas a ela pelo Pe. Cósimo, para serem formadas humana e espiritualmente. Ela com todo amor de mãe e discípula de Cristo soube formar aquelas jovens na fé, mostrando-lhes a alegria de viver segundo os ensinamentos de Cristo.
Capela S. Bakhita
                Em nossos tempos a situação não é diferente, encontramos muitas crianças e jovens dilacerados pelos atrativos de um mundo cruel que escraviza e destrói a dignidade do homem, criado à imagem e semelhança de Deus. “Por isso, torna-se muito atual e viva a figura da Madre Ana Moroni que, ainda hoje, tem algo a nos dizer”, pois no rosto dessas crianças e jovens desta Paróquia pudemos, durante este ano que passou, ver a sede do Eterno, à qual nós Irmãs Oblatas do Menino Jesus somos chamadas a conduzir à fonte de água viva onde temos experimentado o dom de Deus: “Se conhecesses o dom de Deus...” (Jo 4, 10)
Com. S. Maria Goretti
                Agradecemos ao Senhor por nos ter chamado a esta Missão tão bela de fazê-lo nascer e crescer, primeiramente em nossos corações, e nos corações daqueles que Ele nos tem confiado.
Ó Caríssimo Menino Jesus, nada queremos negar-vos. Dai-nos, pois,
a graça de realizar esta tão sublime Missão, à qual nos chamas.








Ir. Maria Treicy Anne, Ir. Maria Elisângela e Ir. Maria Poliana (OMJ)

Nenhum comentário:

Postar um comentário