sábado, 11 de fevereiro de 2012

Catequese Menino Jesus – Brazlândia/DF.

 
         Com a graça de Deus e de Nossa Mãe Maria Santíssima, no início do ano 2011, antes de darmos início a Catequese, foi realizado um Retiro com Catequistas e Funcionários do Jardim de Infância Menino Jesus, de modo que as atividades da comunidade foram iniciadas com o fundamento espiritual.
            Providencialmente o Retiro aconteceu logo no início da Quaresma, tempo forte que nos exorta a Conversão interior, e lembrando-nos de que com a graça de Deus nada é impossível. Foram desenvolvidas palestras e dinâmicas que ajudaram a refletir sobre diversos temas relacionados a Vontade de Deus em nossas vidas. Foi possível também que eles participassem da Celebração Eucarística, Adoração ao Santíssimo e do Sacramento da Confissão. Eles assistiram a um filme sobre a importância da oração na família e no debate foi visto o quanto eles aproveitaram tanto do filme como do encontro como um todo para reverem alguns aspectos da vida que eles podiam melhorar.
            Tivemos também um retiro espiritual com 70 jovens que se prepararam para receberem o sacramento da Confirmação. Desde o início foi trabalhado o tema sobre vida cristã e como vivemos em família. Muitos no momento da Adoração e também nos momentos das palestras se emocionaram e ao serem questionados afirmavam que viam que podiam melhorar o relacionamento com seus pais. A maioria tem os pais separados, e estes pais muitas vezes não conseguem separar as dificuldades que enfrentaram com o cônjuge e acabam despejando nos filhos o que não foi resolvido. No final do encontro cada jovem recebeu uma carta escrita pelos familiares, este também foi um momento muito importante para quem participou, mas também para aqueles que trabalharam para que o encontro acontecesse, pois vimos que estávamos lidando com jovens bem amados, mas também com jovens sofridos e desprezados por aqueles de quem eles mesmo esperavam apenas amor, e a nossa responsabilidade frente a isso torna-se maior.
Separada da turma de jovens, tivemos depois a Crisma da turma de adultos. Essa turma foi composta por pessoas que há um tempo viviam juntas, por outras que se preparavam para receberem o sacramento do matrimônio, mas também por jovens maiores que por trabalharem em dias de sábado faziam a catequese com um catequista no Santuário nos dias de domingo. Por este motivo, foram unidas as duas turmas, uma que participou da catequese conosco aos sábados e a outra nos dias de domingo.
Valorizando a família e sabendo que esta tem como início a união de um homem e uma mulher, realizamos um encontro com casais de apenas um dia. O Encontro começou com a Celebração da Santa Missa e houve momentos de reflexão, brincadeiras direcionadas para o casal, conversa a dois, almoço e lanche. Na partilha, todos agradeceram pelo dia que tiveram e ressaltaram o quanto estavam precisando de um momento apenas para o casal; o quanto eles precisavam do momento de diálogo que foi proporcionado e viram que há necessidade de se ter oportunidades para rever uma série de coisas que com o corre-corre do dia-a-dia não é possível ser visto, refletido e conversado. Foi um Encontro propício também para alguns que estavam precisando repensar os motivos de discussão e até mesmo para alguns que estavam pensando em se separar. Eles puderam refletir a respeito da relação com os próprios filhos e como também podem melhorar na educação que lhes dá.
Para se comemorar o dia do catequista no último sábado de Agosto, fomos com os catequistas para o Salto Itiquira. Na ida, tivemos a oportunidade de assistirmos por meio da TV uma Palestra do Pe. Léo, foi interessante como todos assistiam em silêncio. Ao chegarmos lá todos andaram pelo lugar para conhecer o local. Enquanto parte do grupo caminhava, encontramos um grupo de italianas, com as quais tiramos esta foto ao lado. Foi um dia de passeio e oração, admiramos bem de perto uma, entre tantas maravilhas criadas por Deus, a cachoeira com mais ou menos 168m de altura. Eu particularmente percorri a trilha muito pedregosa, com subidas muito íngremes, com partes que pareciam impossíveis de serem superadas, e pude refletir e comparar aquela trilha com alguns momentos da vida. Porém, com a ajuda mútua foi possível chegar até o fim e alegrar-me com a chegada no topo da cachoeira e contemplar o imenso amor de Deus por nós, expresso na natureza. Almoçamos todos juntos e o dia foi para todos uma experiência sadia e maravilhosa.
No dia 07 de setembro foi realizado um Retiro com os Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão. Tivemos a graça de iniciarmos o Retiro com a Celebração da Santa Missa com o Pe. João Périus. Trabalhou-se temas que os ajudassem na formação espiritual, moral e humana. Na partilha eles colocaram o quanto foi bom receber reflexões e momento de confraternização entre eles, pois, após o almoço os catequistas, que ajudaram na realização do Retiro, proporcionaram-lhes brincadeiras simples e que ao mesmo tempo fez uma grande diferença, uma vez que eles praticamente não têm momentos de descontração. Eles agradeceram pelo dia e pela oportunidade de crescerem espiritualmente.
            Desde o ano passado temos feito juntamente com um Irmão Pavoniano, alguns Encontros anuais em Dom Bosco, a 120 Km de Unaí – MG. Por ser área rural, todas as vezes que fomos lá, proporcionando um Encontro, enfrentávamos desafios, pois nunca era possível prever quantos iam, com qual faixa etária..., pois nos deparávamos com casais, jovens, adultos, idosos, crianças; e todos percorriam alguns quilômetros a pé, de moto ou com carro para participarem do sábado, ou do domingo, ou dos dois dias, o que nem sempre era possível para todos. Ao final de cada encontro, nós nos sentíamos muito revigorados espiritualmente, pois a simplicidade do povo, o acolhimento, o silêncio, as plantas, os animais e a paz do local nos aproximavam de Deus. Acredito que todas as vezes que fui lá pra proporcionar àquele povo simples e amável um Encontro Espiritual, eu saia mais e mais encontrada com Deus.
            Após este ano de catequese, 70 crianças e adolescentes participaram no dia 12 de novembro de um Retiro em preparação para a 1ª Comunhão e no dia 20, dia de Cristo Rei do Universo, receberam Jesus Eucarístico pela priemeira vez. No Encontro eles tiveram a oportunidade de se confessarem, rezarem o terço, refletirem sobre a Eucaristia e assistiram ao filme de Santa Maria Goretti. Já no dia da Primeira Comunhão, eles participaram da Santa Missa e como todo dia 20 de cada mês o Santuário tem uma programação particular com Adoração e orações, os catequisandos ao final da Missa adoraram Jesus por alguns instantes. A Celebração apesar de ter sido extensa, foi muito bonita; a homilia clara e prática do Pe. Marcelo Rocha colaborou na reflexão tanto das crianças como dos familiares presentes. O sacerdote agradeceu pelo trabalho e organização das Irmãs.

No dia 27 de novembro foi realizado o 3º encontro com Jovens intitulado “Vocação ao Amor”, tendo em vista que a Consagrada, o Padre e os pais de família tenham como missão fundamental fazer a Vontade de Deus, neste e nos dois encontros anteriores, trabalhamos com os jovens temas relacionados a estas vocações (Religiosa, Sacerdotal e Matrimonial). Forma dados testemunhos vocacionais, refletido sobre a importância da castidade, a necessidade de se buscar a Santidade e para ajudar nesta reflexão utilizamos a oração do Papa João Paulo II, “Precisamos de santos de calça jeans”. Na partilha eles agradeceram a oportunidade e alguns explicitaram que com as reflexões do dia, eles começariam a valorizar mais os pais e a pensar melhor sobre a própria vocação. Foi motivo de alegria, saber que auxiliamos estes jovens a pararem um pouquinho e a pensarem melhor sobre a própria vida, pois também acreditamos na importância da família e sabemos que seja qual for a vocação de cada um, devemos todos juntos caminharmos em direção ao céu fazendo a Vontade de Deus.
Para finalizarmos o ano catequético preparamos um Auto de Natal. De acordo com o desenvolvimento de uma peça teatral onde os pais explicavam pra filha o verdadeiro sentido do Natal, as turmas faziam as apresentações enquanto o Presépio ao vivo ia sendo montado. Neste mesmo dia 30 jovens de Dom Bosco (Unaí-MG), com os quais tivemos contato nos encontros realizados naquela cidade vieram para apresentação e depois foram hospedados nos lares dos catequistas, que os acolheram muito bem. No outro dia fomos para nossa casa de formação, onde eles almoçaram. Algumas moças tiraram dúvidas de como é a Vida Religiosa e depois eles partiram para conhecerem um pouco alguns monumentos de Brasília e voltaram para a própria cidade.

A pedido da Congregação e com a permissão de Deus e de Nossa Mãe Maria Santíssima, consegui neste ano com a ajuda de muitos (Comunidade do Noviciado – onde iniciei o curso; Comunidade de Brazlândia, e nesta quero ressaltar a imensa ajuda, compreensão e apoio de todas as irmãs, mas de um modo particular à caríssima Irmã Aparecida que tanto me auxiliou em todos os momentos, principalmente nos mais difíceis). Pude contar com a Providência Divina que conduziu este curso e o que eu precisei para realizá-lo.
Imaginei que o curso auxiliaria no apostolado, mas durante estes seis anos vi que foi a Consagração e a experiência que adquiri no apostolado que favoreceram o meu desempenho no mesmo. Aprendi e tenho aprendido cada vez mais, pois, na Comunidade de Brazlândia pude desenvolver um trabalho com os funcionários, com as crianças e com os pais e mães. Escutar o sofrimento das pessoas em nenhum momento foi fácil, mas ouvi-los e orientar de alguma forma foi satisfatório, pois nos diálogos era possível ver outros ângulos das dificuldades e com alguns pais, eles mesmos notaram que era a má convivência do casal que comprometia o comportamento do filho. Consequentemente com alguns, foi possível notar melhoras no relacionamento entre eles com os coleguinhas, uma vez que os pais aceitavam rever a própria relação. Em todos os momentos rendo graças a Deus e à Nossa Senhora por tão imensa dádiva recebida em tudo.
Irmã Maria Hilda Paula A. da Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário