sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Jardim de Infância Menino
Jesus
(Brazlândia-DF)
     
           Prezados irmãos e irmãs amados em Cristo e na Virgem Maria, quero apresentar-vos um pouco da atividade realizada neste ano de 2011 nesta obra, que é uma das maiores de nossa amada Congregação aqui no Brasil, o Jardim de Infância Menino Jesus (JIMJ) em Brazlândia-DF.
      Neste ano atendemos a mais de 200 crianças com idades de 3 a 5 anos, todas muito carentes e de alta vulnerabilidade na sociedade, com uma propensão muito grande a envolver-se em situações como tráfico de drogas, roubo, violência e tantos outros males que circundam nossas famílias aqui do Brasil e, penso que do mundo. Muitas dessas crianças tem diversas situações dentro da própria casa de casos como estes: algumas com pais presos, outras que não tem mais um dos pais ou até mesmo a ausência dos dois, outras que tem em casa aquilo que aqui chamamos “boca de fumo” um local de venda de drogas. Um outro caso de grande tristeza para cada uma de
nós é o aumento do número de crianças vítimas de violência sexual, algumas dessas crianças são abusadas pelos próprios pais ou por aqueles que deveriam cuidar delas. 
      Todas essas crianças tem uma necessidade enorme de passar a maior parte do tempo possível longe de casa para não ser tomada da família e ser enviada a um abrigo (onde a situação aqui não é nada mais fácil do que em sua própria

casa). Por isso, o convênio mantido este ano, garantiu a estas crianças o atendimento, aqui na nossa casa, no horário de 07:30 h da manhã até às 18:30 h da tarde. Aqui elas fazem cinco refeições bem balanceadas, controladas por uma nutricionista contratada por nós, recebem muito carinho por parte de todos os funcionários e uma educação de qualidade que as qualificam a saírem daqui com uma boa estrutura para iniciar o Ensino Fundamental, além de tudo o que conseguimos providenciar para que seja uma educação muito lúdica para aprenderem brincando.



 Nossa quadro de funcionários este ano precisou aumentar, tivemos um total de 38 funcionários, todos contratados por nós, possuindo assim diretora, coordenadora, secretária, professores, monitores, auxiliares de serviços gerais, cozinheiras, nutricionista, porteiro, etc. todos, funcionários exigidos pela Secretaria de Educação para assegurar um trabalho bem realizado. Dentre estes funcionários temos 4 irmãs contratadas: Eu assumi desde 2009 a função de diretora, a Ir. Daniela é professora, Ir. Marta Helena é contadora e Ir. Ivanildes Monitora; nós recebemos para assim ajudarmos a comunidade em suas necessidades, mas todas as irmãs contribuem para que o trabalho vá para frente. Gostaria de ressaltar um dos trabalhos desenvolvidos este ano como voluntário que foi o trabalho desenvolvido pela Ir. Hilda Paula com o atendimento às crianças e pais, dando um suporte na área de psicologia e ajudando-nos em tantos casos que precisávamos do apoio do psicólogo; ela realizou também um trabalho fantástico com os funcionários, trabalhando a formação humana com eles.

       A partir de maio deste ano não assinamos mais convênio com a Secretaria de Assistência Social, somente com a Secretaria de Educação, pois a política aqui pede para que a educação assuma todo o horário de atendimento das crianças de 0 a 6 anos. Porém o
caráter do trabalho voltado àquelas famílias que mais precisam continuam, pois para um pai conseguir uma vaga aqui na escola existe toda uma triagem realizada e só consegue a vaga quem mais necessita. Neste período de mudança do órgão que encaminhava as crianças para fazerem a matrícula aqui, já que era a assistência social quem encaminhava, para cada vaga que surgisse tinha uma fila com 500 nomes para ser escolhida uma criança. Aqui em nossa cidade a única instituição que faz este atendimento somos nós, por isso tanta procura.

       Nós que estamos aqui fazemos de tudo para que esta obra não morra, nem se perca pelo caminho, pois a cidade aqui precisa demais desta obra. Com a graça de Deus somos reconhecidas em qualquer órgão que formos pelo trabalho que desenvolvemos aqui.
Neste ano iniciamos o atendimento à crianças de 3 anos, abrimos duas turmas que aqui chamamos de Maternal II. Foi uma experiência muito válida e nossa proposta para o ano que vem é de termos 3 turmas desta idade e iniciarmos o atendimento a crianças de 2 anos, pois nas escolas daqui não são atendidas esta etapa da educação infantil, já as crianças com a idade de 4 e 5 anos já encontram atendimento em escolas públicas, porém é só meio período e não há os mesmo recursos que aqui possuem. Tivemos 2 turmas de crianças de 4 anos e 4 turmas de crianças de 5 anos.
       Sou imensamente feliz e grata a Deus por estarmos atuando com estes pequeninos colocados por Deus em nossas vidas, pequenos estes que sofrem tanto desde tão novos mas que não perdem o sorriso e a alegria de serem crianças. Eles me ensinam muito. Pedimos a todas que nos acompanhe com suas orações e sacrifícios para que, como desejado pela Madre Ana Moroni, possamos levar Jesus ao coração de todos estes pequenos que Deus nos confiou.
Ir. Girlene de Araújo Lima, OMJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário