quinta-feira, 9 de setembro de 2010

A Catequese:

O que é ?

Quando se fala hoje em catequese, muitos pensam na catequese que prepara as crianças à primeira Eucaristia. Catequese é o ensinamento essencial da fé, não apenas da doutrina, como também na vida, levando a uma consciente e ativa participação do mistério litúrgico e irradiação apostólica.

Segundo o Documento de Puebla e a afirmacão dos Bispos do Brasil, a catequese é um processo de educação da fé em comunidade, é dinâmica, sistemática e permanente.

A catequese é um processo de educação da fé :

* em comunidade – porque é algo que vai se realizando aos poucos, num caminhar na comunidade em busca de uma sociedade fraterna e justa.
* A catequese é dinâmica - porque está sempre atenta às situações históricas e sociais da nossa realidade.
*A catequese é sistemática - porque organiza uma programação, para facilitar o conhecimento das verdades da fé , da palavra de Deus e do Magistério da Igreja;
*A catequese é permanente - porque passa por todas as etapas e por todas as faixas etárias.

A CATEQUESE É:


  • Missão primordial da Igreja, que nasce da fé e se desenvolve na catequese permanente;

  • Uma missão que enriquece a quem desempenha . Quando catequizamos, nós somos os primeiros catequizados;

  • Um anúncio e serviço para provocar um vivo contato com Jesus Cristo,nas dimensões pessoal e comunitária, para uma vivência cristã levando a um compromisso.
A Catequese deve levar à:


  •  motivação para buscar o conhecimento do mistério de Cristo na sua profunda vivência de fraternidade e justiça;

  • uma iniciação na experiência religiosa ,na oração e na vida sacramental

  • leva à uma iniciação no compromisso missionário da Igreja;

  • leva ao crescimento da Igreja . A igreja de amanhã depende da catequese de hoje. Por isso, a catequese deve preocupar-se continuamente não só em levar conhecimentos dos mistérios da fé, mas também em abrir os corações à conversão e a adesão a Jesus Cristo, o Salvador que anunciamos, ao homem, herdeiro do Reino de Deus e à Igreja povo de Deus
A catequese não tem a função de “passar” aos outros um conjunto de verdades definidas . Não se trata de dar fórmulas prontas. Ela deve possibilitar uma autêntica experiência de vida de fé dentro de uma comunidade. Um contato profunda com Cristo.

Um dos grandes desafios na catequese, hoje , é a perseverança e a participação dos catequizandos na comunidade cristã , como exigência de crescimento da fé . Devemos nos preocupar quando muitos dos que se preparam para a primeira Eucaristia ou para o sacramento da Crisma não se sentem motivados a essa educação continuada da fé. Seguramente não é fácil , num mundo que oferece tantas opções, manter acesa e ativa a chama da fé de nosso Batismo . Mas é necessário que não nos deixemos influenciar por tantas propostas de “novos valores” que nos afastam dos valores cristãos. E assim educar na fé as diversas dimensões da vida cristã, a luz da Palavra de Deus, para construir comunidades catequizadoras comprometidas com a verdade e a justiça, sinais do Reino já presente entre nós.
Este objetivo exige, conforme nos diz Puebla, a interação fé- vida , levando ao processo contínuo de conversão a Cristo, à vida em comunidade , à vida sacramental e ao compromisso apostólico. (Documento de Puebla – 1007)
       O objetivo nos faz descobrir a exigência de um novo tipo de catequese e, por conseqüência , de um novo tipo de catequista. (Documento Catequese Renovada da CNBB). Segundo o mesmo documento (nº 93) “para qualquer forma de catequese se realizar na sua integridade, é necessário estarem indissoluvelmente unidos :

  • o conhecimento da Palavra de Deus

  •  a celebração da fé nos sacramentos

  •  e a confissão na vida cotidiana.

    Para atingir o objetivo da Catequese  fazem - se necessárias as seguintes exigências :
FIDELIDADE A DEUS E AO HOMEM (Catequese Renovada Nº 78-81)

Deus e o homem são como dois lados da mesma moeda . Não se pode ser fiel a um abandonando o outro! trata-se de uma “única atitude de amor” (CR 79). “a Igreja é caminho da realização do homem em Cristo ” (CR 80)

FIDELIDADE ÀS FONTEs (CR 82-93)

O Deus revelado é a fonte da catequese . Ela deve se alimentar diariamente da Palavra e levar o catequizando a fazer o mesmo . “Não se trata simplesmente de usar fragmentos , mas de respeitar a natureza e o espírito da revelação bíblica.” (CR 86)

Outras fontes são : a liturgia ; o Credo ;a história da Igreja ; a vida dos santos ; a religiosidade popular ; a própria vida , etc.

CONTEÚDO UNITÁRIO , ORGÂNICO E INTEGRAL (CR 94-102)

Não basta que o conteúdo da Catequese seja autêntico , isto é , que tenha sua origem na Palavra de Deus , que se comunica através da Bíblia ,da liturgia ,das diversas expressões da Tradição viva da Igreja , dos sinais dos tempos e das situações históricas que vivemos .

É preciso também , para a solidez da educação da fé e para edificar personalidades e comunidades cristãs maduras, coerentes, que o conteúdo seja unitário, orgânico e integral.
A unidade do conteúdo da catequese se faz ao redor da pessoa de Jesus Cristo . A adesão à sua pessoa e à sua missão são a referência central da catequese.

Há muito a dizer sobre Jesus ... O que expor primeiro ?

- Dar prioridade às verdades fundamentais da fé , aprofundando de acordo com as possibilidades.

- Adaptar o conteúdo à realidade do catequizando.

- Ser coerente com o dado central da fé : Jesus Cristo!

DIMENSÕES DA CATEQUESE (CR 103-109)

A Catequese tem três dimensões básicas:

- CRISTOLÓGICA referencia a Cristo .

- ECLESIOLÓGICA referencia à Igreja.

- ESCATOLÓGICA referência ao dinamismo em direção à história, ao Reino futuro e definitivo.

O PRINCÍPIO DE INTERAÇÃO FÉ E VIDA

Qualquer método usado deve promover “uma interação entre a experiência da vida e a formulação da fé . De um lado a vida leva à perguntas ; de outro , a fé é busca e aprofundamento das respostas. ’’ (CR 113)

O método Ver -Julgar - Agir leva a essa interação.
LUGARES DA CATEQUESE

O lugar ou ambiente normal da catequese é a comunidade cristã. A família cristã, pela graça sacramental do Matrimônio tornada como que Igreja doméstica, é também lugar por excelência de Catequese, especialmente na primeira infância : “Os pais devem ser para seus filhos os mestres da fé.” (GE 2)
CATEQUSE POR IDADES E SITUAÇÕES
“A catequese é uma educação permanente na fé, que acompanha o homem por toda a vida e se integra em seu crescimento global .” (CR 129)

Por isso, atinge pessoas de diversas idades e situações. Para que isso aconteça de fato precisa-se estabelecer uma organização que considere as características pessoais e comportamentos manifestos nas diferentes faixas etárias.

ETAPAS DA CATEQUESE
INICIAÇÃO – 5 A 6 ANOS

A catequese de iniciação visa complementar a educação da fé originada na família. Nesta etapa a criança inicia a experiência do amor de Deus, no convívio com as coisas criadas por Ele e, sobretudo, na convivência com as pessoas que a cerca. Sua metodologia lúdica procura levar a criança a reconhecer a presença de Deus nas pessoas e na natureza.

EUCARISTIA I - 7 A 8 ANOS

A catequese de Eucaristia I visa iniciar o contato das crianças com a Bíblia e, através dela conhecer a pessoa de Jesus. Sua metodologia lúdica procura situar a criança no mistério central da fé cristã , apresentando às crianças os valores evangélicos vividos por Jesus.
EUCARISTIA II (PRIMEIRA COMUNHÃO) 9 A 13 ANOS

Apresentando Jesus Cristo, como verdadeiro amigo e modelo a ser seguido, a catequese de Eucaristia II visa solidificar valores e convicções para uma vivência real e estável da fé. Seu objetivo é conduzir as crianças ou adolescentes para o Sacramento da Eucaristia após um período apropriado de preparação, apresentando o verdadeiro sentido e importância dos Sacramentos.

PERSEVERANÇA 10 A 12
Após a Primeira Comunhão, os catequizandos são convidados a continuar na caminhada de amadurecimento da fé, iniciando assim, seu processo de formação permanente. Esta formação é bem diversificada, busca desenvolver um conhecimento da pessoa de Jesus Cristo de forma que os jovens vejam em Cristo um exemplo de vida a ser seguido. Também visa despertar nos adolescentes uma visão critica da realidade, a discernir os valores e contra valores dos meios de comunicação e da sociedade.

PRÉ - CRISMA 13 ANOS

A catequese de Pré - Crisma visa desenvolver um conhecimento mais profundo da pessoa de Jesus Cristo, da pessoa humana,e da Igreja. Também visa despertar nos adolescentes uma visão critica da realidade, a discernir os valores e contra valores de nossa sociedade.

CRISMA 14 ANOS COMPLETOS (Segundo as Diretrizes gerais para a catequese da Arquidiocese de Brasília)
      Os jovens que não são batizados, não fizeram a Primeira Comunhão,ou não são casados na Igreja, serão preparados para receber os Sacramentos durante neste período.
       É o período em que o Jovem ou adolescente responde à família e à Igreja que quer ser adulto na fé e assumir ele mesmo a vivência cristã.
       É a etapa em que deve levar o jovem a responder que vai assumir na vida toda a fé cristã que professa, através de uma participação ativa na comunidade e nos grupos pastorais.

CATEQUSE COM ADULTOS

A catequese de Adultos leva a uma opção mais decisiva e coerente por Jesus Cristo e sua causa.Confrontando constantemente a própria vida com a mensagem evangélica a pessoa adulta deverá assumir e vivenciar a fé que professa, através de uma participação ativa na comunidade e nos grupos pastorais.
Assim como na preparação para a Crisma os adultos que não são batizados, não fizeram a Primeira Comunhão,ou não são casados na Igreja, serão preparados para receber os Sacramentos durante neste período.

PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS:

“A família e a comunidade deverão colocar a disposição dos deficientes todos os recursos necessários para acolhê-los como membros plenos de sua comunhão , e para o possível conhecimento de Jesus Cristo .” (CR 142)

OUTRAS SITUAÇÕES:

“A catequese deve ir ao encontro dos grupos com dificuldade de participar da vida normal da comunidade cristã.” (CR 143)



CR- Catequese Renovada
DNC- Diretório Nacional da Catequese
Diretrizes gerais para a Catequese na Arquidiocese de Brasília







Nenhum comentário:

Postar um comentário